Reposição Hormonal da Menopausa: o que você precisa saber?
27 de julho de 2017
Perca peso de maneira saudável
18 de agosto de 2017
Exibir tudo

Osteoporose

O que é a Osteoporose?

Os ossos são formados por um tipo de tecido conjuntivo muito rígido caracterizado pela presença de cálcio, fibras de colágeno e proteoglicanas.

Essas substâncias, combinadas, asseguram a força dos ossos, permitindo que nosso esqueleto desempenhe funções tais como sustentação e proteção de órgãos, mobilidade, armazenamento e liberação de minerais na corrente sanguínea.

A osteoporose é uma doença óssea sistêmica, caracterizada pela diminuição da densidade dos ossos, que resultam no aumento da fragilidade e, consequentemente, maior risco de fraturas.

A coluna vertebral, o quadril, as costelas e os pulsos são áreas comuns de fraturas ósseas da osteoporose, embora as fraturas relacionadas à osteoporose possam ocorrer em quase qualquer osso esquelético.

Fatos

. É uma condição de fragilidade dos ossos, com uma susceptibilidade aumentada à fratura.

. A massa óssea (densidade óssea) diminui após os 35 anos de idade e a perda óssea ocorre mais rapidamente em mulheres após a menopausa.

. Os principais fatores de risco para osteoporose incluem: uso de medicamentos, tais como corticoide ou anticonvulsivante, falta de exercício regular, falta de cálcio e vitamina D, história pessoal de fratura, tabagismo, consumo excessivo de álcool, história de doenças inflamatórias, tais como artrite reumatóide, baixo peso corporal e história familiar de osteoporose.

. Pacientes com osteoporose não apresentam sintomas até ocorrerem as fraturas ósseas.

. O diagnóstico de osteoporose pode ser sugerido por raios-X e confirmado por testes para medir a densidade óssea.

. Os tratamentos para a osteoporose, além de medicamentos para a osteoporose, incluem a interrupção do uso de álcool e cigarros, a prática de exercício adequado, boa ingesta de cálcio e vitamina D.

. Endocrinologistas, reumatologistas, ginecologistas, fisiatras e geriatras são algumns especialistas que estudam e tratam a doença. Os ortopedistas também acompanham esses pacientes, ocupando-se principalmente das fraturas.

Quais são as consequências da osteoporose?

As fraturas ósseas causadas pela osteoporose são responsáveis por dores consideráveis, diminuição da qualidade de vida e dias de trabalho perdidos. Até 30% dos pacientes que sofrem de uma fratura de quadril irão exigir cuidados médicos a longo prazo. Pacientes idosos podem desenvolver pneumonia e trombose venosa que podem evoluir para embolia pulmonar devido ao repouso prolongado em cama após a fratura do quadril.

Para prevenir a osteoporose é fundamental a ingestão de alimentos com cálcio e vitamina D, exposição solar moderada e prática regular de atividade física. Além disso, consultas regulares a um endocrinologista poderão te auxiliar no tratamento correto, reduzindo significativamente as complicações da osteoporose.

Iniciar WhatsApp
Como posso te ajudar?
Olá!
Podemos te ajudar?