5 super dicas para cuidar-se no Carnaval
1 de março de 2019
Os hormônios da felicidade: conhecendo a dopamina, ocitocina, endorfina e serotonina.
29 de abril de 2019
Exibir tudo

Obesidade: como vencer 10 obstáculos comuns na busca pelo emagrecimento

A obesidade é fator de risco para uma série de doenças. O obeso tem mais propensão a desenvolver problemas como hipertensão, doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2, apneia do sono, entre outras.

São muitas as causas da obesidade. O excesso de peso é multifatorial, ou seja, pode sim estar ligado a genética familiar ou estar relacionado a disfunções endócrinas, mas de longe os maus hábitos alimentares são a principal causa.

A obesidade já é uma realidade para 18,9% dos brasileiros e o sobrepeso atinge mais da metade da população (54%). Os dados são da Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção de Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) e foram divulgados em 2018 pelo Ministério da Saúde.

Emagrecer, manter uma dieta equilibrada e um estilo de vida saudável não é fácil. Para maximizar as chances de sucesso, comece por dedicar alguns minutos para identificar seus maiores obstáculos à perda de peso e veja como você pode superá-los. Muito recentemente um estudo publicado mostrou que anotar tudo o que se come por dia em aplicativos pode ajudar a perceber onde está (ou onde estão) os erros. Aqui estão 10 obstáculos bastante comuns que dificultam a perda de peso.

Você não tem tempo para cozinhar

Pedir comida sempre foi mais fácil que preparar algo mas não é necessário muito tempo para cozinhar refeições saudáveis. E atualmente existe também uma maior oferta de comidas prontas congeladas saudáveis.

Algumas opções saborosas – como uma salada – pode ser bem prático. A chave é pensar sobre o que vai comer antes da fome apertar.

Sempre dou a dica pro paciente reservar algum tempo no fim de semana para planejar e preparar as refeições para a semana seguinte. Fará a diferença quando você olhar para a geladeira depois de um longo dia de trabalho e encontrar uma refeição saudável esperando.

Você odeia estar com fome

Dieta muitos restritivas não são duradouras, mas uma vez volto a falar que se trata de reaprender o que e quanto comer. Na verdade, é melhor não se privar de tudo ou você pode acabar desistindo…

A melhor maneira de se sentir saciado – e vencer a luta contra a obesidade – é se alimentar de uma combinação de grãos integrais, frutas, vegetais e proteínas magras. Além dos nutrientes (vitaminas e minerais), a fibra e a água ajudarão na saciedade.

Você não gosta do sabor da comida saudável

Realmente, alimentos mais gordurosos são mais palatáveis. Por isso, não é fácil abandonar as frituras. Seja paciente e continue tentando coisas novas. Assista a programas de culinária saudável para aprender o básico e experimentar novas receitas.

À medida que você cria seu repertório de receitas, você encontra alimentos de que gosta e até mesmo os que não parecem atraentes agora podem se tornar seus favoritos.

Assistir a programas de culinária para aprender o básico e experimentar novas receitas saudáveis também ajuda bastante.

Você acredita que alimentação saudável é muito cara

Gastar com produtos orgânicos é ótimo, mas não é essencial para uma boa saúde ou perda de peso. Tente comprar o que está na temporada – é quase sempre mais barato – e lembre-se de que vegetais congelados e frutas são geralmente tão nutritivos quanto os produtos frescos.

Para quem acredita que a refeição de fast-food é mais barata que uma salada saudável, uma provocação: pesquisas sugerem que manter-se em forma e saudável pode poupar dinheiro de despesas relacionadas à saúde, no futuro.

Outra dica: não sair para jantar com frequência e beber menos bebidas alcoólicas são boas maneiras de economizar algum dinheiro.

Você acha chato praticar exercícios

Se você considera sua atividade física chata e sem graça, então está praticando a atividade errada. Encontrar uma atividade divertida é realmente crucial se você quiser ficar com ela por tempo suficiente para perder o peso e poder mantê-la.

Experimente outros tipos de exercícios até encontrar uma boa opção: pratique um esporte, experimente uma aula de dança, dê um pontapé em um treino de artes marciais ou confira uma aula de ioga. Suas opções são infinitas!

Você não tem tempo para se exercitar

A falta de tempo é uma das maiores barreiras, mas é questão de prioridade. Agendar um horário no seu dia como se fosse um compromisso pode ajudar bastante.

Se você está realmente sem tempo, aproveite ao máximo suas sessões de suor. Escolha um treino projetado para tempos curtos. Procure um programa HIIT, que ajuda a queimar mais calorias a cada minuto em comparação com outros exercícios.

Você se cansa demais durante o dia

Alternar entre uma reunião e outra pode fazer com que o seu coração bombeie um pouco mais, mas raramente é suficiente para ajudar a perder peso. Permitir-se tempo suficiente para descanso é extremamente importante.

Atenção: “recuperação” não é igual a “ficar deitado no sofá o dia todo com o controle remoto”. Há uma diferença entre os dias de descanso e recuperação; nos dias de descanso, você deve se concentrar em dormir e reabastecer suas reservas de energia. Nos dias de recuperação, você ainda pode se exercitar, mas em menor grau.

Suas articulações doem

Se você está se recuperando de uma lesão ou tem um problema crônico, é difícil se mexer quando está com dor. Supondo que você tenha o OK do seu médico, tente aumentar um pouco a atividade e concentre-se em exercícios de baixo impacto.

Qualquer movimento é melhor do que sentar no sofá, e mesmo passar 30 minutos em uma bicicleta ergométrica ou nadar pode ajudá-lo a perder peso se você for sedentário.

Você não está tão motivado

Há uma razão pela qual muitas vezes é mais fácil perder peso. Antes de um casamento ou uma formatura, por exemplo. Mas esses tipos de motivadores tendem a ser fugazes e, antes que você perceba, esses quilos perdidos estão de volta.

Defina metas de curto e longo prazo. Ajudarão bastante em sua caminhada.

Você está envergonhado por suas tentativas fracassadas

Muitas pessoas tentam perder peso e repetidamente falham, e acabam se culpando por isso. Para esse obstáculo, passe cinco minutos por noite revendo seus hábitos e pensando no que deu certo (e no que não deu certo) naquele dia, e tente melhorar a cada nascer do sol.

Obstáculos são feitos para serem superados. Adicione essas 10 soluções à sua rotina contra a obesidade e colha os resultados.

O acompanhamento de um médico endocrinologista é fundamental. Em caso de dúvidas, busque orientações de um médico especialista em endocrinologia. Para saber se o médico é endocrinologista, associado à SBEM (Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia) , procure aqui.

Para ler mais sobre obesidade, clique aqui.

Iniciar WhatsApp
Como posso te ajudar?
Olá!
Podemos te ajudar?