Osteoporose em homens
13 de maio de 2019
Colesterol: 6 maneiras de reduzi-lo naturalmente.
1 de julho de 2019
Exibir tudo

Diabetes: 8 maneiras de evitar complicações.

Diabetes é uma doença séria e complexa que pode afetar todo o corpo. Afeta a capacidade do organismo de produzir ou usar insulina.

O diabetes requer cuidados diários e, se surgirem complicações, pode ter um impacto significativo na qualidade de vida e reduzir a expectativa de vida. Embora atualmente não exista cura, você pode viver uma vida agradável aprendendo sobre a condição e administrando-a com eficácia.

Diabetes tipo 1

Quando você é afetado com diabetes tipo 1, seu pâncreas não produz insulina. Diabetes tipo 1, uma vez chamado de diabetes juvenil, é freqüentemente diagnosticado em crianças ou adolescentes. No entanto, também pode ocorrer em adultos. Este tipo é responsável por 5-10% das pessoas com diabetes.

Diabetes tipo 2

Diabetes tipo 2 ocorre quando o corpo não produz insulina suficiente, ou quando as células são incapazes de usar insulina adequadamente, o que é chamado de resistência à insulina. Diabetes tipo 2 é comumente chamado de “diabetes de início na vida adulta”, uma vez que é diagnosticado mais tarde na vida, geralmente após os 45 anos de idade. É responsável por 90-95 por cento das pessoas com diabetes. Nos últimos anos, o diabetes tipo 2 foi diagnosticado em pessoas mais jovens, incluindo crianças, com mais frequência do que no passado.

Manter seu diabetes sob controle ajudará a evitar problemas. Veja o que você pode fazer agora.

Perca peso extra

Caminhar em direção a um peso saudável ajuda a controlar o açúcar no sangue. Seu endocrinologista poderá lhe ajudar bastante caso estejas acima do peso.

Verifique sua glicemia

Verifique o seu nível de açúcar no sangue, pelo menos, duas vezes por dia. Além disso, anote-o para que você possa acompanhar seu progresso e observe como a comida e a atividade afetam seus níveis.

Controle seus carboidratos

Saiba quantos carboidratos você está comendo e com que frequência você os come. Controlar seus carboidratos pode ajudar a manter seu açúcar no sangue sob controle. Escolha carboidratos ricos em fibras, como verduras, frutas, feijões e grãos integrais.

Controle seus níveis de pressão arterial, colesterol e triglicérides

O diabetes aumenta a probabilidade de doenças cardíacas, por isso fique atento à sua pressão arterial e colesterol. Converse com seu médico sobre como manter seu colesterol, triglicérides e pressão sangüínea sob controle.

Pratique atividade física

O exercício regular pode ajudá-lo a alcançar ou manter um peso saudável. O exercício também reduz o estresse e ajuda a controlar os níveis de pressão arterial, colesterol e triglicérides. Faça pelo menos 30 minutos por dia de exercícios aeróbicos 5 dias por semana. Tente andar, dançar, aeróbica de baixo impacto, natação, tênis ou bicicleta ergométrica. Comece mais devagar se você não estiver ativo agora. Você pode acabar com os 30 minutos – digamos, fazendo uma caminhada de 10 minutos após cada refeição. Inclua treinamento de força e alongamento em alguns dias também.

Durma bem

Quando você é privado de sono, você tende a comer mais e pode engordar, o que leva a problemas de saúde. Pessoas com diabetes que dormem o suficiente, muitas vezes têm hábitos alimentares mais saudáveis ​​e melhoraram os níveis de açúcar no sangue.

Gerencie o estresse

Estresse e diabetes não se misturam. O excesso de estresse pode elevar os níveis de açúcar no sangue. Mas você pode encontrar alívio sentando-se em silêncio por 15 minutos, meditando ou praticando ioga.

Consulte o seu endocrinologista

Faça um checkup completo pelo menos uma vez por ano, embora você possa conversar com seu médico com mais frequência. Em seu exame físico anual, certifique-se de fazer um exame oftalmológico dilatado, um exame de pressão arterial, um exame de pé e exames para outras complicações, como danos nos rins, danos nos nervos e doenças cardíacas.

Viver bem com diabetes é possível? Sim! E estamos aqui para apoiá-lo nesta jornada.

Em caso de dúvidas, busque orientações de um médico especialista em endocrinologia. Para saber se o médico é endocrinologista, associado à SBEM (Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia) , procure aqui.

Para ler mais sobre diabetes, clique aqui.

Iniciar WhatsApp
Como posso te ajudar?
Olá!
Podemos te ajudar?