Endocrinologia e distúrbio de crescimento
Endocrinologia e distúrbio de crescimento
5 de outubro de 2017
Alimentação Saudável
Alimentação saudável: informações e dicas.
10 de outubro de 2017
Exibir tudo

Conhecendo as Glândulas Supra-Renais

Glândulas Supra-Renais

Doenças da Glândula Supra-Renal

As glândulas supra-renais (ou adrenais) são dois pequenos órgãos na forma de uma pirâmide, situadas na parte superior de cada rim, de tal forma que o revestem como um manto. Histologicamente é possível distinguir duas partes completamente distintas: o córtex adrenal e a medula adrenal.

O córtex adrenal e a medula adrenal têm funções muito diferentes. Uma das principais distinções entre eles é que os hormônios liberados pelo córtex adrenal são necessários para a vida; Os que são segregados pela medula adrenal não são.

O córtex adrenal – a parte externa da glândula – produz hormônios vitais para a vida, como o cortisol (que ajuda a regular o metabolismo e ajuda seu corpo a responder ao estresse) e aldosterona (que ajuda a controlar a pressão arterial).

A medula adrenal – a parte interna da glândula – produz a adrenalina, um que ajuda seu corpo a reagir ao estresse).

Distúrbios e doenças das glândulas supra-renais

Existem várias razões pelas quais as glândulas supra-renais podem não funcionar como deveriam. O problema pode ser com a glândula adrenal em si, ou a causa raiz pode ser devido a um problema na glândula mestre, a hipófise.

Abaixo estão os transtornos e doenças mais comuns relacionadas às glândulas supra-renais:

  • Doença de Addison: esta doença rara pode afetar qualquer pessoa em qualquer idade. Desenvolve-se quando o córtex adrenal não consegue produzir cortisol e aldosterona suficientes;
  • Câncer Adrenal: o câncer adrenal é um câncer agressivo, mas é muito raro. Tendem a se espalhar para outros órgãos e causar alterações adversas dentro do corpo devido ao excesso de hormônios que produzem;
  • Síndrome de Cushing: a síndrome de Cushing é uma condição incomum que é essencialmente o oposto da doença de Addison. É causada pela superprodução do hormônio cortisol. Há uma variedade de causas desse distúrbio – um tumor na glândula adrenal ou glândula pituitária pode ser o culpado;
  • Hiperplasia Adrenal Congênita: esta desordem genética é caracterizada por baixos níveis de cortisol. É comum que as pessoas com hiperplasia adrenal congênita tenham problemas hormonais adicionais, como baixos níveis de aldosterona (que mantém um equilíbrio de água e sal).

As glândulas adrenais têm um papel multifuncional no sistema endócrino. As duas partes muito diferentes dessas glândulas, a medula e o córtex, regulam e mantêm muitos de seus processos internos, desde o metabolismo até a resposta de luta ou fuga.

É importante que seja consultado um endocrinologista. Para saber se o médico é endocrinologista, associado à SBEM, procure aqui.

Leia mais sobre as Glândulas Supra-Renais.

Iniciar WhatsApp
Como posso te ajudar?
Olá!
Podemos te ajudar?