Vida Saudável
Vida saudável: inicie a sua mudança
15 de fevereiro de 2018
Osteoporose: definição, causas e tratamento
Osteoporose: definição, causas e tratamento.
3 de abril de 2018
Exibir tudo

Colesterol alto? Seguem dicas que ajudam a reduzi-lo de forma natural.

Colesterol Alto

Colesterol alto: muitas vezes o tratamento com medicamentos é indispensável

O colesterol é um tipo de gordura encontrada em nosso organismo importante para o seu funcionamento normal. Está presente no coração, cérebro, fígado, intestinos, músculos, nervos e pele. Nosso corpo usa para produzir alguns hormônios, tais como vitamina D, testosterona, estrógeno, cortisol além de ácidos biliares que ajudam na digestão das gorduras.

As principais lipoproteínas usadas para diagnóstico dos níveis de colesterol são:

LDL: são a classe maléfica ao ser humano, porque seus níveis elevados comprovadamente aumentam o risco de doenças cardiovasculares, tais com infarto e acidente vascular cerebral (AVC). Esta classe transporta o colesterol do fígado até as células de vários outros tecidos.

HDL: Tem sido usado o termo “colesterol bom” para referir ao HDL, pois se acredita que tem ações benéficas. Isso se deve a sua função de remover placas de colesterol, que começam a ser depositados nas paredes arteriais/veias (retardando o processo arterosclerótico). Esse mecanismo chama-se cientificamente de transporte reverso.

O excesso de LDL causa doenças vasculares porque se deposita, sem dar sintomas, na parede interna das artérias e gradualmente vai formando uma placa chamada ateroma. Estes ateromas vão obstruindo gradualmente as artérias.

O tratamento do colesterol deve ser preventivo e para a vida toda. Esse detalhe do tratamento contínuo é importantíssimo, o objetivo é reduzir o risco de doenças cardiovasculares. Não adianta tratar por um período e depois abandonar o tratamento, pensando em cura. Na verdade não se busca uma cura e sim um controle que pode ser feito por medidas de estilo de vida ou medicamentos.

O tratamento inclui mudanças no estilo de vida, como alterações na dieta, prática de atividade física e medicações (em alguns casos). Focaremos este artigo em algumas dicas para reduzir o colesterol de forma natural.

1 – “Elimine” as gorduras trans

O consumo excessivo contribui para o aumento do colesterol total e do LDL (o colesterol ruim) e ainda promove a redução dos níveis de HDL (o colesterol bom), trazendo riscos para o coração e a saúde de forma geral.

Devido aos prejuízos que pode causar, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a redução de trans nos alimentos. Pelas orientações, não se deve consumir mais do que 2 gramas por dia.

As gorduras trans estão muito presentes nas frituras, fast-foods, macarrões instantâneos, pipocas de micro-ondas, comidas congeladas, salgadinhos, sorvetes etc.

2 – Perca peso

Não precisa emagrecer demais para diminuir o colesterol. Se você está acima do peso, perca apenas 5kg e você já reduz seu LDL. Um objetivo razoável e seguro é de 450 a 900 gramas por semana.

3 – Pratique atividade física

A atividade física é essencial para o controle do colesterol no sangue, diminuindo os níveis de LDL (tido como o “colesterol ruim”) e aumentando o HDL (“colesterol bom”). A prática estimula a produção de enzimas, como a lipase lipoproteíca, que impede o acúmulo de gorduras nas paredes das artérias. Com isso, os riscos de doenças do sistema circulatório, infartos e AVCs são reduzidos.

4 – Coma fibras

Alimentos como aveia, maçãs, ameixas e feijão são ricos em fibras solúveis, o que evita que o seu corpo absorva o colesterol. Comer mais fibras também faz com que você se sinta cheio, então você não anseia lanches demais. Mas cuidado: muita fibra ao mesmo tempo pode causar cólicas ou distúrbios abdominais. Aumente a ingestão lentamente e junto com fibra, beba muita água.

5 – Sorria mais

O riso é como remédio: aumenta o HDL.

Observação: as informações exibidas descrevem o que geralmente acontece com uma condição clínica, mas não se aplicam a todas as pessoas. Essas informações não são uma consulta médica. Portanto, entre em contato com um profissional da área de saúde se você apresentar um problema médico. Se você acredita ter uma emergência médica, ligue para seu médico ou para um número de emergência imediatamente.

Leia mais sobre Colesterol e Triglicerídeos aqui.

Fontes:
https://goo.gl/hngpLR
https://goo.gl/uiAaVU
https://goo.gl/1KaQCC
https://goo.gl/wGWth1
https://goo.gl/iisAfG
https://goo.gl/ijUcpa
https://goo.gl/Lyehd7
Iniciar WhatsApp
Como posso te ajudar?
Olá!
Podemos te ajudar?