Andropausa
Andropausa – Sintomas, Causas e Tratamentos.
11 de setembro de 2017
Endocrinologia e distúrbio de crescimento
Endocrinologia e distúrbio de crescimento
5 de outubro de 2017
Exibir tudo

A Hipófise e as síndromes clínicas hipofisárias

A Glândula Hipófise, também chamada de Pituitária, é uma pequena glândula localizada na base do crânio que possui extrema importância no controle do funcionamento das outras glândulas endócrinas.

A Hipófise, suas funções e doenças relacionadas

Também chamada de Pituitária, a hipófise é uma pequena glândula localizada na base do crânio. Possui extrema importância no controle do funcionamento das outras glândulas endócrinas. É a glândula mestre.

A pituitária é dividida em 2 partes, uma bem diferente da outra: Anterior (Adenohipófise) e Posterior (Neurohipófise).

Funções

A hipófise anterior é responsável por produzir vários hormônios importantes, como os do crescimento, puberdade, prolactina, estimulador da tireoide (TSH, que estimula a produção de tiroxina na glândula tireoide) e hormônio adrenocorticotrófico (ACTH, que estimula a produção de cortisol pela glândula adrenal).

Por outro lado, a posterior é armazena o hormônio antidiurético (ADH), responsável pelo equilíbrio de fluidos no corpo.

Sinais e sintomas de problemas na hipófise

Um dos problemas mais comuns com essa glândula ocorre quando surge um tumor, na grande maioria dos casos benigno, que pode ser secretor de um ou mais hormônios ou também não secretar nenhum deles. Segundo um estudo da Rush University Medical Center, tumores da glândula pituitária são mais comuns do que se imagina – alcançando taxas médias de 16,7%. Além disso, há ainda outras causas mais raras de doenças da pituitária.

O tumor mais comum é o prolactinoma, que produz Prolactina. A prolactina aumentada pode levar a alterações nos hormônios sexuais e levar a produção de leite nas mamas ( chamada de galactorreia) que pode acontecer tanto em mulheres quanto em homens. Em geral o tratamento é apenas com medicamentos orais.

Sintomas comuns em adultos:

  • Alteração na visão (parcial ou total);
  • Irregularidades menstruais;
  • Disfunção sexual;
  • Aumento de partes moles, principalmente extremidades, como por exemplo Mãos, pés, dedos e face.

Sintomas comuns em crianças:

  • Crescimento irregular;
  • Sinais de puberdade precoce;
  • Ingestão excessiva de água (mais de 2l por dia);

Todas as pessoas que tenham qualquer sintoma que possa estar relacionado a alteração da função hormonal da hipófise ou a compressão de estruturas vizinhas à hipófise deverão consultar endocrinologista para avaliação individualizada.

Leia mais em: https://www.karolinemedeiros.com.br/dicas/

Leia também: https://www.endocrino.org.br/doencas-da-hipofase/

Iniciar WhatsApp
Como posso te ajudar?
Olá!
Podemos te ajudar?